domingo, outubro 15, 2006

Tenho saudades de sonhar

Sonho. Outra vez. Mas um sonho estranho, diferente. Diferente por não parecer um sonho. Os pés estão TÃO assentes no chão que não sinto que o coração esteja a voar. É bizarro, novo, até. E não necessariamente melhor.
Receio ter perdido a capacidade de sonhar. Sonhar, mesmo.
Sempre fui muito consciente da diferença entre projectos e sonhos, mas isso nunca me impediu de me deixar levar por projecções impossíveis. Eram secretas, minhas, impossíveis, sim, mas que me davam alento, alegria.
Receio ter perdido a capacidade de me deixar levar. A minha cabeça, agora, só conjectura projectos. E os projectos vêm com a responsabilidade das dificuldades de se tornarem reais. Os sonhos não. Daí a alegria fácil que os sonhos proporcionam e a apreensão natural que os projectos acarretam.
Mas é um sonho ainda. Não está totalmente definido. É um desejo. Uma ideia longínqua. Uma ideia que eu quero transformar em projecto, mas ainda não sei bem como. Então porque é que eu só penso nas dificuldades (como acontece com projectos) e não no formigueiro proporcionado por algo fantástico…?
Tenho saudades de sonhar…

8 comentários:

Anónimo disse...

Olá,

Vamos sonhar que temos um sonho?

estou à espera...

spindoc@aeiou.pt

ikki disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
ikki disse...

"Os meus sonhos, realizei-os, sonhado-os."

(Manuel da Fonseca)

Nunca consegui esquecer esta frase.

BroTTas disse...

eu ca gosto de sonhar... tenho de sonhar... preciso mesmo de sonhar nem que seja so para me levar para um local fora daqui...

name unavailable disse...

ás vezes a dura realidade da vida simplesmente não nos deixa sonhar, mas não percas a esperança, o melhor está sempre para vir...

Nuno

SoNosCredita disse...

percebo-te...

acho que ainda ñ deixei de o fazer,

mas, por um lado, preferia... para ñ me magoar tanto...

já por outro, ñ gostava de perder essa capacidade...

sentimento um bocadinho ambíguo! :/

Ines disse...

Um dia destes vais ver - surge-te um sonho sem dares por ele!

:-)

Pierrot disse...

Quando deixas de sonhar Gk, tornas-te alguém sem ambições, sem fantasias, sem esperança no futuro...e quem não reune estes predicados não vive.

Nunca pares de sonhar.

:-)

Bjos daqui
Eugénio