terça-feira, maio 02, 2006

A vida, para alguns, é mais dura...

Ando, há quatro ou cinco anos, a juntar moedas de um e dois euros. Quando comecei, não sabia bem para quê. Estava só a dar uso a uma peça de artesanato que comprei numa viagem: um mealheiro em forma de hipopótamo.
Ao fim destes anos todos descobri para que o fizera: para ir a Londres. A viagem está marcada, os quartos alugados, os bilhetes para os espectáculos comprados. Sem aquelas moedas não poderia fazer esta extravagância que vou fazer em Junho...
Mas agora preciso desesperadamente de um portátil. E a única coisa que me tem passado pela cabeça (agora que já não há volta atrás na questão de Londres... nem eu a daria!) é que EU vou ter de juntar moedas durante mais quatro, cinco ou seis ou sete anos para o ter... enquanto, para alguns, basta pedir ao papá...
A vida, para alguns, é mais dura...

4 comentários:

Amor Maior disse...

É verdade, mas só assim ganham mais sentido! Etapas vencidas por ti!!! :) Beijo meu

Mariana disse...

quando consegui comprar o meu portátil com as poupanças de uma vida que tinha em certificados de aforro, senti-me muito feliz... e não foi nem papá nem mamã... vamos lá começar a arrecadar moedinhas!!! vamos lá!!!

SoNosCredita disse...

é mmo!

Pisces Girl disse...

Pois, concordo plenamente contigo! No meu caso, tenho mesmo de pedir aos meus pais para me comprarem um portátil porque são eles que ainda me sustentam. Mas também acho que eles não têm obrigação de o fazer. Vou começar a juntar todas as moedinhas de um ou dois euros que tiver... ;o)
Beijinhos!