domingo, julho 23, 2006

A Sombra do passado...

Será que há alguma coisa do meu passado que me venha assombrar um dia? Estamos na era da informação… Tudo é passível de ser registado e perpetuado…
Lembrei-me disto porque achei na Internet uma relíquia, gravada há 20 anos, que podia muito bem atirar umas pitadas de ridículo a uma carreira agora sólida… Não o faz por dois motivos: é assumida e sem um pingo de arrependimento…
Eu não tenho nada com que me preocupar. Nunca me arrependi de nada e, mais desinteressante do que isso, não tenho qualquer esqueleto escondido no armário.

8 comentários:

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

é pior o arrependimento de nao fazer, do que algum dia ter feito algo...
se não o fizermos, nunca saberemos se nos podiamos ter arrependido... e será apenas um momento ... e se...
ou seja em branco...
beijo e boa semana

Castanheira Maia disse...

Ora nem mais, o mais importante é nunca nos arrependermos do que fazemos.

Pierrot disse...

Descobri o teu blog quase por acaso.
É muito parecido com o meu no grafismo. Que giro...
Quanto aos textos, parabéns. O texto "a deriva" fascinou-me.
Muito bonito.
Parabéns
Bjs
Eugénio Rodrigues

Bel disse...

Ora todos nós temos os nossos segredos ou pelo menos intimidades que nao gostariamos de ver reveladas mas nunca nos arrependermos de nada é uma forma de nos sentirmos mais a vontade para seguir em frente sempre sem temar qualquer mostra de passado.
Boa semana

libertynus disse...

há sempre esse risco, mas olha comigo se isso acontecer assumo e volto a construir outro futuro ainda m,elhor

José Manuel Dias disse...

A vida é composta de vivências...somos o que somos e não temos de nos penitenciar por isso.
Bjs

El`Predador disse...

Somos dois...
Bela colheita essa... 77/78, não há melhor.

S disse...

:)