quarta-feira, novembro 22, 2006

O jornalismo e os meus espinhos de fora

Porque estou com os espinhos de fora e ando a tentar ignorar esse facto há já uma ou duas semanas, hoje apetece-me revelar um e-mail que escrevi em resposta a uma amiga que teve a infelicidade de me perguntar porque é que não mandava o meu CV para a sede do grupo dono da última rádio em que trabalhei e acrescentou que, no meu antigo local de trabalho, estava “tudo na mesma”…

Aqui fica a minha (talvez demasiado violenta) resposta:

“Quanto ao CV... Francamente, ando à procura de uma mudança de rumo. Estou farta de ganhar uma merda, de ter responsabilidades a mais, reconhecimento a menos e virtualmente nenhuma vida própria. (Desculpa a franqueza e a "aspereza" das palavras.)

Tenho quase 30 anos e nada de meu! E se perguntarem ao Senhor X que me substituiu por uma pessoa que agora só GRAVA noticiários, ele acha que fez um bom negócio porque poupou dinheiro... Não faz puto ideia do que fiz aí: a agenda que funcionava, os mails que a rádio agora recebe com informação de quase TODAS as instituições da cidade, o arquivo de sons que eu tinha, os assuntos que segui, quantas vezes fiquei aí até às tantas da noite por "problemas técnicos", quantas reportagens fiz, etc. Tudo isso não me foi exigido, de facto: era eu que me exigia!, porque só sei trabalhar assim! Ele só se deve lembrar de eu o ter "incomodado" a exigir o mínimo de condições para fazer um trabalho digno! E ainda é capaz de falar mal de mim.

...Pois que vão todos fazer exames à próstata, é o que lhes desejo! E isto, sem nada de pessoal. Desejo que o Senhor X e o Senhor Y e todos eles sejam podres de ricos e poderosos, que é só o que eles desejam! A minha indignação é para com a condição da profissão...

Sabes qual foi a única proposta de trabalho que eu recebi? 500 euros para me mudar para o Porto durante seis meses e fazer um estágio no "Jornal X"!

Se eu tivesse um papá que me pudesse sustentar, eu teria corrido a aceitar! Mas não tenho! O meu papá nunca me pôde mandar estudar para fora, nem sustentar os meus vícios. Portanto, tenho de arranjar um trabalho que me permita pagar efectivamente as contas. E por isso estou farta de ser insultada! Porque estas ofertas são insultuosas para qualquer PROFISSIONAL!

Assim, basta! Quero que o jornalismo vá snifar papoilas!

Vamos ver o que o futuro me reserva. Talvez engula estas palavras. Quem sabe? Mas não me esqueço de nada do que vivi e a indignação permanecerá concerteza.

Com "tudo na mesma" referes-te a rádios de um grande grupo a emitir bosta o dia inteiro, não é? Uma sem animador e outras com notícias gravadas (que é outro conceito insultuoso para mim!), é isso? Pois, desejo muito boa sorte a todos e que Deus (ou quem for) me mantenha bem longe daí... A mim e aos fiscais da ANACOM...

Desculpa o desabafo... Há dias assim... Outros mais cor-de-rosa. Eu estou bem, really... Mas, se não falar, ganho cabelos brancos e eu prezo TANTO a minha beleza natural... ;)

Bj.

GK”

10 comentários:

nuno disse...

deixo-te uma vénia mais que sentida...
se estivesse aí em Coimbra convidava-te já para um cafézinho.
beijo
nuno

asdrubal tudo bem disse...

Bela resposta espero que tenhas tido a mesma frontalidade para o gajo que manda nessa xafarica. Boa sorte que as coisas não estam nada fáceis.

pensamentos_vagabundos disse...

vá snifar papoilas:)heheheh
percebo-te bem....
pelos vistos trabalhavas numa rádio,adoro rádio apesar de ouvir pouco por detestar a maneira como se faz hoje em dia...detesto playlists progamadas por editoras e não existir progamas de autor...
beijo vagabundo

GK disse...

Trabalhava numa rádio, adoro rádio e também detesto playlists e juke boxes, Pensamentos_Vagabundos!

Sim, Asdrubal, disse. Com educação, claro, mas disse sempre tudo o que tinha a dizer. Por isso é que já não tenho emprego...

Obrigada, Nuno.

Menina da Lua disse...

Há pouco tempo fiquei radiante! Um amigo meu aceitou o cargo de director de um jornal daí! Também eu já estive para trabalhar em Coimbra! A profissão de jornalista é conhecida por ser mal paga! E também me lastimo por estar perto dos 30 e sem ter nada meu (além do carro)! Mas não trocava esta vida por nada! Beijoca e força!

SoNosCredita disse...

como eu te compreendo!
ou antes, começo a compreender!

"A minha indignação é para com a condição da profissão..."

eu ainda nem pertenço a essa condição, ainda que tenha o curso e alguma (pouca) experiência não-paga...
quer dizer que, neste momento, não sou nada, caso me perguntem a profissão.

Jotabê disse...

Bem rapariga, a falar assim vais manter a beleza por muitos anos, com certeza.
Compreendo-te perfeitamente, é duro viver num país, onde a competência é relegada para um plano inferior. Continua a imperar o ‘facilitismo’, a cunha, os interesses e o poder, em detrimento à qualidade.
Espero quetenhas substituído profissionalmente a tua área de formação, por outra que pelo menos te dê prazer e dinheiro.

:)

Beijo

GK disse...

Jotabê... Estou desempregada. Tenho dois cursos e experiência nas duas áreas. De cerca de 200 CV's que mandei desde Fevereiro, para Portugal, Inglaterra e Estados Unidos, recebi 4 respostas...

Anónimo disse...

e kem fala assim não é gago!!!
Valente menina! :)

….(`“•.¸(`“•.¸ ¸.•“´) ¸.•“´)
….(¸.•“´(¸.•“´ `“•.¸)`“ •.¸)
......d88888bd888b.
.....d8888888888888B.
.....888888P`Y8888P.
.....Y888888.....( , \_.
....,_Y88(.................)....*Passo para te ler...
....Y888888b.......__\..
.....“8“888P........(_.... para saber como estás...
.............|.....----“..
...........~;~~\~..... * Para te deixar um beijo
............=......\....
..........(_._).....\.....
...........|=|........\...
....._.../|..|..........\....
..../_\/..|..|..........|.
...,.-“---/_/--------“---.....
...`-.,_________,.--“..
..........|......|.|........
..........|___|.|...
..........|___|.|............ e desejo boa semana!!!!
(`“•.¸(`“•.¸ ¸.•“´) ¸.•“´)
«`“•.¸.♥ Nadir ♥ ¸.•“´»
(¸.•“´(¸.•“´ `“•.¸)`“ •.¸)

Unicus disse...

Sei do que falas. Sou como tu, jornalista. Felizmente no activo e sem problemas por ora..
Bjs