sábado, agosto 19, 2006

À Espera

Sinto-me… distante.
Vagamente triste. Vagamente sombria.
Cheia de sol e cheia de chuva.
Sinto-me num sonho enevoado.
À espera de algo que tarda em chegar.
Mas algo que reconheço.
Que sei existir.
Não é vago.
É palpável. É feliz.

Procuro um caminho.
Um caminho de luz. Mas sombrio.
Que só eu saberei trilhar.
Espero-o há tanto tempo
Que tempo se cansou de esperar…
Amo-o tanto,
Que o mundo faz gala em tardar.

Vejo ao longe a Primavera.
Uma terra cheia de promessas.
Um caminho cheio de sombras e contrastes.
Vejo-a ao longe e sinto-a em mim.
À espera do despertar…
Já a senti mais longínqua.
Mas ainda vou ter de esperar…

Já não procuro um salvador.
Já não tenho medo dos pecados.
Sei que posso viver.
Sei que posso conhecer o mundo.
Sei que sei sofrer.
Não me assusta o passado.
Começo agora a saber
Que os frutos são para colher.
E o mundo me aguarda calado.

(Ao contrário do habitual, pus o cérebro completamente de lado quando escrevi isto.)

7 comentários:

Briosa disse...

Verso sem rima... o meu favorito...
mas como diz o velho ditado:
"Quem ESPERA sempre alcança". Please, não desesperes.

Briosa disse...

E amo-te muito.

Bjo grande

Jorge disse...

Olá...
Concordo com tuas palavras quando comentou meu post em meu blog... e... como afirmei no post... devemos levar tudo para nossa vida pessoal também...
Aproveito para te parabenizar pelos dois últimos posts teus... pois... falastes muito bem sobre a solidão... e... escreveste um texto muito bonito sobre a espera (apesar de ter posto o cérebro de lado)...
Beijos...

José Manuel Dias disse...

Olá!

O tempo é o que se faz com ele...e este sol convida a viver de modo ainda mais intenso.
Diverte-te.
Bjs

SoNosCredita disse...

lindo!

Mina disse...

Como eu te compreendo... Ao ler o teu blog, parece que revejo momentos da minha vida... Não estamos sós no Mundo, mas às vezes bem que parece!
Obrigado pela vista ao meu Space.
Agora sinto-me a melhorar... espero que por muito tempo :)
Beijoca.

GK disse...

Eu não acredito que estou só no mundo, mas é só que encaro o mundo, ou seja, acho tudo depende de mim. E há dias mais fáceis do que outros, né?
Sei que "algo" me espera. Tenho é de ter paciência... E ir lutando.

Obrigada a todos pelos comments.

E, Briosa:
TAMBÉM TE AMO MUITO!!!!