segunda-feira, abril 24, 2006

História da vida real...

O episódio que vou descrever passou-se entre mim e a minha mãe. Como nota prévia, tenho de dizer que a minha querida progenitora tem 70 anos e acha que um telemóvel é um bicho esquisito (ainda que necessário) com um monte de funções que não interessam para nada e que, no fundo, servem apenas para UMA coisa: fazer chamadas.
Ora, eu na semana passada, vi um anúncio na RTP 2, a dizer que, no Sábado passado, iam transmitir um concerto da Anastacia. Sendo fã da cantora, pus um alarme no meu telemóvel para me lembrar de o gravar. Mas, como costumo sair à tarde e nunca sei se volto a horas decentes (...), o alarme ficou marcado para o início da tarde. Assim, programaria o vídeo e ia, descansada, à minha vida.
De Sexta para (o dito) Sábado, desliguei o telemóvel e deixei-o a carregar durante a noite na sala. Mesmo com ele desligado, o alarme dispara.
Na manhã seguinte... Pronto, OK!... Lá para as duas da tarde do dia seguinte, a minha mãe debruça-se sobre o meu leito (olha a classe!) onde eu jazia ainda dormente (touché!) e diz-me:
- Hey! Acorda! Vá lá, acorda! Está farta de ligar para ti uma tipa chamada Anastacia...

4 comentários:

SoNosCredita disse...

oooh, tão kerida! :)

PedrinhoSSM disse...

UAU, adorei.
Espectacular. Quando essa tua amiga (a tal de Anastacia) te ligar de novo diz-lhe a ela que eu estou solteiro e pronto para ela, hehe.
Tambem queria ver a Anastacia e esqueci-me como já é de costume. Vi a Anastacia no Pavilhão Atlantico e adorei e tirei fotos lindas dela mesmo à minhas frentem hihi.
Mas voltando ao teu post adorei essa história do teu telelé e da tua mãe.

Amor Maior disse...

Provavelmente para te dizer que não ia dar o concerto! Pois claro! eheheheh Episódio delicioso!

tuaamiga disse...

AJJAAJJAAJAJJAJAJJA.A TUA MAE E ASIM JAAJAJJAJAJAAAJAJAA JA SEI QUE O TELEMOVIL PARA ELA E MUITO RARO PORQUE SEMPRE O TEM APAGADO.DA UM BEIJO MUITO FORTE A MINHA SEGUNDA MAE.HELENA