quinta-feira, outubro 02, 2008

O stress da estrada

Já conduzo. Ainda sou maçarica, mas conduzo. Regularmente. Por aí. E não há dia NENHUM em que eu não insulte alguém. Não aos berros de fora da janela. Não, isso não!, porque não se sabe o que anda por aí dentro dos carros. Insulto, porque tem de sair! Insulto… em conversa com o meu "vermelhinho"...
_Olha-me para este f**** da p***! Olha-me bem para o gajo parado com meio carro em cima de passeio e meio carro no meio da estrada depois de uma curva, hem…?! Lindo! Quem te partisse esses dentes aos pontapés levava um beijo meu, pá!
E sigo viagem. Serena. Até à próxima rua em que já sei que vou encontrar idiotas...
_ Ora, vamos lá ver hoje quem é o caramelo que decide ultrapassar-me, a mim, que vou a 50 km/h, numa rua cujo limite é… 50 Km/h! …Ora, cá está…. Lá vai ele… Quem te amassa-se essa cara toda era o meu herói, oh boi!!! Agora cá estamos nós, meu energúmeno, meu cabrão!, todos juntinhos no sinal vermelho. O que é que ganhaste com a proeza, hem?, meu estúpido?!
À hora de almoço, normalmente lá vai mais um desabafo:
_Olha, lá vem mais uma tia de BM a buzinar atrás de mim! Oh, minha p***, não vês que o limite é setenta?! Se o teu carro voa, passa por cima, oh idiota!
Olhando para mim, ninguém diria que da minha boca podem sair tanta água de esgoto. Ninguém… quer dizer… Só se forem os transeuntes que me ouvem enquanto passo de janela aberta… Às vezes, esqueço-me que ela vai aberta…

6 comentários:

K@ disse...

Um dia, acerca deste tema, escrevi isto:

http://insensocomum.blogspot.com/2005/11/d3-o-discurso-dos-3.html

Talvez te possa ajudar nesta questão... que não é de somenos importância, claro!

Quanto ao inSenso, amanhã (sexta-feira) abordará a eterna questão da Guerra dos Sexos. Bem sei que é um tema que te apaixona. Por isso, deixo já o alerta para a publicação do post, mais ou menos a meio da tarde.

The Star disse...

Bem, ao ler este teu texto, parecia que tinha sido escrito por mim, ou sobre mim. Identifiquei-me imensos com as tuas palavras, eu também sou assim ao volante.
Nem pareço eu a falar!! :$

Pisces Girl disse...

GK: É assim mesmo, catano! Mesmo que os transeuntes te ouçam, azar. Que fechem os ouvidos! LOL

Um beijinho grande,

Pisces Girl.

Gi disse...

Exactamente porque me tornava uma pessoa muito diferente a conduzir é que eu ... deixei de conduzir. :D

Carracinha Linda! disse...

É pá... esses desabafos têm que sair. Se alguém ouvir, azar. É que realmente há com cada cromo a conduzir...

Bjs

HoneyWitch disse...

LOOL tb conduzo há pouco tempo.

E ainda estou só na fase de murmurar entre dentes alguns impropérios. Agora que detesto, mas detesto mesmo, que se encostem à minha traseira, isso meus amigos dá direito a insultos amargurados...em surdina!